Enviar para Email

quarta-feira, 21 de setembro de 2011

ATIVIDADE 2.6. PROJETO DE CRIAÇÃO DE BLOG


ATIVIDADE 2.6. PROJETO DE CRIAÇÃO DE BLOG

TEMA: CRIANDO SEU BLOG

IDENTIFICAÇÃO: PROJETO CRIADO PELAS ALUNAS DO CURSO PROINFO – PROGRAMA NACIONAL DE INFORMÁTICA NA EDUCAÇÃO DESENVOLVIDO PELA SECRETARIA DE EDUCAÇÃO À DISTÂNCIA: FRANCINEIDE FERNANDES CORIOLANO MENDES, GILVANETE DOS SANTOS, LUCIENE PINHEIRO PONTES E MARIA DE LOURDES ARAÚJO MEDEIROS.

JUSTIFICATIVA: A SOCIEDADE EM QUE VIVEMOS ESTÁ EM CONSTANTES TRANSFORMAÇÕES EM SEU CAMPO TECNOLÓGICO. É DIANTE DESTA AFIRMATIVA QUE SURGIU A NECESSIDADE DA ELABORAÇÃO DO PROJETO: CRIANDO SEU BLOG JUNTO AOS PROFESSORES, VISTO QUE É DE GRANDE RELEVÂNCIA ESTA FERRAMENTA PARA A DIVULGAÇÃO DE INFORMAÇÕES SOBRE AULAS, SEMINÁRIOS, DISCIPLINAS, ENFIM, TUDO QUE ENVOLVE O PROCESSO EDUCACIONAL FAZENDO COM QUE ACONTEÇA UM MELHOR ENTROSAMENTO ENTRE PROFESSOR E ALUNO FAVORECENDO UMA APRENDIZAGEM VOLTADA PARA O DESENVOLVIMENTO INTELECTUAL DE TODOS OS ENVOLVIDOS.

OBJETIVO: FAVORECER A CRIAÇÃO DE BLOG’S QUE OPORTUNIZE AOS EDUCADORES A DIVULGAÇÃO DAS ATIVIDADES PROPOSTAS E DESENVOLVIDAS NO AMBIENTE ESCOLAR JUNTAMENTE COM SEUS EDUCANDOS.

META: QUE OS EDUCANDOS CONSTRUAM SEUS BLOG’S E QUE TENHAM ACESSO A UMA FERRAMENTA VIRTUAL QUE POSSA DIVULGAR E INTERAGIR COM OS INTERNAUTAS AS ATIVIDADES PROFISSIONAIS.

PÚBLICO ALVO: EDUCADORES

PERÍODO: OUTUBRO DE 2011 COM DURAÇÃO DE 08 HORAS

AVALIAÇÃO: SERÁ OBSERVADO DURANTE O PERÍODO DE EXECUÇÃO DO PROJETO O APROVEITAMENTO DOS EDUCADORES DIANTE DA CRIAÇÃO DOS BLOG’S PROPOSTOS










Desafio da Escola na Sociedade Atual - Ativ. em dupla - Unidade I


ESAFIO DA ESCOLA NA SOCIEDADE ATUAL

Maria de Lourdes Araujo
Gilvanete dos Santos
Um dos grandes desafios que se apresentam na realidade atual aqueles envolvidos no processo educacional, alunos, professores e gestores, diz respeito a necessidade de que a educação escolar assuma o papel de formadora das novas gerações, numa sociedade que tem a sua disposição um arsenal cada vez mais completo e complexo de recursos tecnológicos.
Se antes as informações, assim como a ciência e a tecnologia, tinham na escola seu único meio propagador, encontram nos diversos veículos midiáticos, uma forma eficaz e rápida de divulgação. Rapidez essa impossível de ser acompanhada, por exemplo, pelos livros didáticos, ainda uma das poucas ferramentas a disposição do professor em sala de aula. Isso sem contar com a própria carência de programas que incentivem a formação continuada docente, ou por falta de recursos, ou falta de oferta, o fato é que muitos educadores não tem a sua disposição, nem tampouco preparo para utilizar os mesmo recursos que os alunos tem acesso.
As escolas atuais enfrentam um desafio que há muito tempo não se desenhava, manter-se indispensável. Preparar-se para um futuro próximo de mudanças rápidas e intensas quanto as que ocorrem com o comportamento de seus alunos. Existem alunos com diferentes estilos de aprendizagem, alguns aprendem ouvindo, outros vendo, e ainda há aqueles que aprendem fazendo e interagindo. O uso da tecnologia permite a escola atender a esses diferentes estilos de aprendizagem, fazendo da escola uma ferramenta que preze pela inclusão social.
Numa sociedade cada vez mais marcada pelo hedonismo e utilitarismo fica à escola o desafio de reinventar-se do ponto de vista de seu currículo e de sua prática docente, permitindo que o aluno possa aplicar as habilidades e competências construídas ao longo de sua vivência escolar em um conhecimento que possa ser aplicado em todos os momentos do seu cotidiano.


Atividade 1.1 – Postado no dia 23 de agosto de 2011


quarta-feira, 14 de setembro de 2011

Conceituando Hipertexto (Atividade 2.4 e 2.5)

   
HIPERTEXTO
      Segundo palavras do professor Nelson Pretto: "Constitui-se num conjunto de possibilidades de produção
e utilização integrada a todos os meios de expressão e de comunicação", ou seja, das diferentes mídias;
sons, animação, texto vídeo, foto.

     Trata-se de uma ferramenta digital de comunicação em forma de texto, onde se destacam palavras como links informativos
que ampliam o acesso ao conhecimento, utilizando variadas formas de expressão de linguagem. Ao acessar os links ou
palavras chaves, o leitor abre vários caminhos à novas informações, tornando a pesquisa mais dinâmica e atraente.
Gilvanete Santos

Navegando à Deriva Atividade 2.2

    A navegação no Portal do professor nos causa a impressão de estarmos entrando numa rede de informações com infinitos caminhos, pois a estrutura de acesso nesse site permite a expansão dos conhecimentos em várias áreas. Percorrer o espaço da rede e explorar os links de informações existentes, provoca a sensação de estarmos realmente navegando à deriva; e se não mantivermos o foco da nossa pesquisa, torna-se difícil realizarmos uma fundamentação estruturada. Portanto, esse primeiro contato não foi tão fácil.  
    Vale salientar que a experiência de navegar nesse site despertou várias indagações, instigando à busca de novas informações.
Gilvanete Santos



Apresentaçâo do Curso Unidade II

Caros colegas,

Estamos iniciando uma nova etapa do nosso curso, com uma carga horária maior que a anterior(100 horas). Significa mais tempo para rever o que foi realizado até agora e principalmente adquirir novos conhecimentos na área da tecnologia. As expectativas são as melhores possíveis.

Um forte abraço a todos!
Gilvanete Santos

quinta-feira, 9 de junho de 2011

Atividade 1 - Santos Dumont


Comentário do vídeo da aula inicial do curso
Ao contrário do que recorrentemente imaginamos, as grandes invenções não necessariamente precisam ser fruto de mentes brilhantes, nem tampouco, são resultado imediato de um pensamento, mas são, antes de qualquer coisa, resultados de um longo processo de empenho, esforço e não desistência.
Quando embarcamos em um avião moderno, com todos os seus aparatos e infinitos botões, que nem ao menos sabemos para que servem, pensamos num determinado tipo de conhecimento que raramente teremos acesso, a sensação é de medo, alienação e pavor, especialmente porque dificilmente poderemos fazer algo que possa resolver eventuais problemas.
Ao invés de tentar conhecer minimamente a tecnologia que nos cerca, acabamos paralisados frente aqueles conhecimentos que não dominamos. Acredito que a nossa formação para a vida adulta nos condiciona a acertar sempre, e é esse medo de errar, de enfrentar aquilo que não dominamos, de enfrentar o novo que nos põe a prova constantemente, que acaba criando um muro entre nós e a tecnologia moderna. Nosso desafio então é tentar transpor esse muro, diminuí-lo, talvez seguindo o exemplo de Santos Dumont, que após cair infinitas vezes de suas invenções voadoras não desistiu, construiu sempre algo novo, remodelando e corrigindo os erros anteriores, pois são para isso que existem os erros, para nos ajudar a seguir em frente, através dos melhoramentos que nos levam aos acertos futuros.
A tecnologia atual, portanto, não deve ser encarada como um bicho de sete cabeças, mas como um instrumento importante na nossa formação profissional e também pessoal, pois só através dela poderemos nos comunicar minimamente com nossos alunos, tão atentos às novas invenções tecnológicas. Acreditamos, portanto, que este curso nos guiará na transposição desse muro que nos separa da informática e de tudo que esta pode nos oferecer, nos preparando para utilizar e lidar com as Tecnologias de Comunicação dentro e fora do ambiente escolar.